O inferno de Lance Armstrong

Vou dar o meu pitaco. Eu acho uma palhaçada a Justiça, dez anos depois, querer tirar os títulos do Lance Armstrong. Dizem  que nos 20 anos como atleta profissional, Lance foi testado 500 vezes. Porém, o site Cyclismas fez uma recontagem, inclusive detalhando todos os exames,  chegando ao número 236 . Não é pra qualquer um, da mesma forma.

Lance Armstrong foi o vencedor em sete edições seguidas da Volta à França, prova mais importante do circuito internacional de ciclismo. Nas etapas de montanha, o norte-americano superava sempre a concorrência, empurrando as pernas com forças que surpreendiam até os seus colegas de profissão.

No relatório da USADA, lê-se que o antigo ciclista terá recorrido a substâncias como a EPO – que aumenta o número de glóbulos vermelhos no sangue -, testosterona e transfusões de sangue. Porém, Armstrong teria obrigado os seus colegas de equipa a recorreram às mesmas substâncias.

A lenda do ciclismo

Seguem as informações do jornalista Diego Pombo:

“Armstrong não se vai defender
Em finais de Agosto, perante as acusações de que já era alvo por parte da USADA, o norte-americano revelara que não iria contestar as acusações em tribunal.

Esta quinta-feira, porém, o seu advogado, Sean Breen, classificou-se as conclusões do relatório de «alegações sem credibilidade baseadas largamente em testemunhos coercivos, arranjos e histórias assentes em ameaças», antes de atirar que o ex-ciclista «chegou à conclusão que tem muitas outras coisas positivas que tem que alcançar na sua vida».

E acrescentou: «Passar uma década a defender-se em tribunal e pagar a advogados não era uma delas».

De facto, a única reacção de Lance Armstrong ao relatório chegou na sua conta oficial de Twitter, onde afirmou, na quarta-feira, mesmo dia em que foi divulgado o relatório, que «à noite ia relaxar com a família, sem pensar ou ser afectado por isto».”

Ídolos

Todo o mundo tem ídolos no esporte. Eu sempre fui fã do Lance Armstrong. Do Dean Karnazes, do Oscar Pistorius e do Craig Alexander. E, tem a lenda Haile Gebrselassie. E, preciso continuar acreditando que eles mudaram a forma de ver seus esportes. Para o meu bem, prefiro acreditar na inocência do Lance Armstrong.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s